CURSO DE MEDIAÇÃO 2020/2 – AULAS AO VIVO

INFORMAÇÕES DO CURSO DE MEDIAÇÃO

 

  • CARGA HORÁRIA TOTAL: 124 horas

 

  • PARTE TEÓRICA: 44 horas

 

  • ESTÁGIO SUPERVISIONADO: 80h

 

  • Grupos de 08 (oito) alunos por instrutor;
  • O estágio supervisionado será realizado nos CEJUSC’s – TJDFT.
  • Início:27 de julho de 2020

 

  • Aulas: 27, 29 e 31/07; 03, 05, 07, 10, 12, 14 e 17 de Agosto de 2020.

 

  • Turno: Matutino (das 8 às 12h).

 

  • Encontros: 10 encontros de 04 horas + 01 AULA BÔNUS!!

 

  • É OBRIGATÓRIO 100% de presença nas aulas teóricas e durante o Estágio Supervisionado.

 

  • Vagas: 16 vagas

 

  • A Escola da Magistratura oferece o curso de Mediação seguindo todas as normalizações e exigências do CNJ.
  • As aulas teóricas e práticas serão realizadas via online (em tempo real) através de plataformas de ensino.

 

 

  • INVESTIMENTO (PARTE TEÓRICA + ESTÁGIO SUPERVISIONADO)

 

  • DE: R$ 3.299,00 (Três Mil e Duzentos e Noventa e Nove reais), podendo ser parcelado no cartão de crédito ou boleto bancário, sendo matrícula mais 05 (cinco) parcelas de R$ 549,83 (Quinhentos e Quarenta e Nove Reais e Oitenta e Três Centavos).

 

  • PRÉ-REQUISITO PARA INSCRIÇÃO: 02 (dois) anos de formado em qualquer curso superior
  • CERTIFICAÇÃO
  • O certificado será emitido pela Escola da Magistratura – AMAGIS, depois da conclusão do estágio supervisionado, no total de 124 horas.
  • É necessária a entrega dos Relatórios do Estágio Supervisionado, ficha de frequência, além de menção final considerando o aluno APTO a ser Mediador.

 

 

 

  • DOCUMENTOS OBRIGATÓRIOS PARA PRÉ-INSCRIÇÃO:

 

  •  01 Cópia da Carteira de Identidade e do CPF (ou da CNH)
     01 Cópia do Diploma de Curso Superior
     01 foto 3×4
     Comprovante de residência
     Certidão Negativa Criminal (disponível no site do TJDFT)
     Termo de Adesão do Candidato/Conciliador/Mediador assinado e datado
     Termo de Voluntariado do Candidato/Conciliador/Mediador assinado e datado

 

 

 

 

  • INSTRUTORAS:

 

  • ANA AUGUSTA

Psicóloga, pós-graduada em Teoria Psicanalítica; Capacitada em Práticas Colaborativas pelo Instituto Brasileiro de Práticas Colaborativas – IBPC; Consteladora Familiar, Mediadora Cível e de Família; Instrutora de Mediação pelo CNJ; Expositora de Oficina de Parentalidade.

 

 

 

  • ANDRESSA

Graduada em Direito, pós-graduada em Direito Público e Direito Civil e Processual Civil (Universidade Cândido Mendes); Servidora do TJDFT na função de Coordenadora Administrativa do Centro Judiciário de Solução de Conflitos e Cidadania dos Juizados Especiais Cíveis de Brasília – CEJUSC-JEC/BSB; Conciliadora Judicial desde 2005; Mediadora certificada pelo ICFML – Instituto de Certificação e Formação de Mediadores Lusófonos. Instrutora de Mediação certificada pelo CNJ. Instrutora de Mediação Judicial, Mediação de Família e Conciliação pelo TJDFT; Instrutora e conteudista do curso presencial “Resolução de Conflitos para Representantes de Empresas”, promovido TJDFT; Coautora do livro “Resolução de Conflitos para Representantes de Empresas”, editado pela UNB. Docente de Prática Civil, MASC e Direito do Consumidor no curso de Direito do Centro Universitário UNIEURO.

 

 

 

 

 

IMPORTANTE!!

  • O curso terá início somente se completado o número de vagas previstas;

 

  • Não havendo formação da turma, os valores desembolsados pelo aluno serão integralmente reembolsados.

 

  • Para os que desejam ser voluntários, depois do estágio supervisionado, inicia-se o voluntariado de 16 horas/mês durante 01 (um) ano.

 

 

 

 

 

  • SOBRE O CURSO DE MEDIAÇÃO BÁSICA:

 

  • O curso de Mediação da Escola da Magistratura é devidamente Credenciado pelo TJDFT.

 

  • Capacita o aluno para ser mediador judicial e atuar no TJDFT na área cível (varas cíveis e juizados especiais cíveis)

 

  • Possibilita a inscrição do aluno no quadro de mediadores judiciais do TJDFT através do Cadastro Nacional de Mediadores do CNJ.

(http://www.cnj.jus.br/ccmj/)

 

  • Curso realizado nos moldes da Resolução 125/2010 do Conselho Nacional de Justiça.